Política

Reforma da Previdência foi comprada com verba pública de setores essenciais

A confissão é da deputada federal governista Carla Zambelli (PSL/SP). A Reforma da Previdência foi comprada com verbas públicas, com planilha comandada pela então aliada Joice Hasselmann. E mais: o dinheiro sairia de ministérios essenciais, como da Saúde.

A própria Zambelli foi gravada em áudio bomba, flagrado pela deputada Sâmia Bonfim. “Todos os deputados que votaram a favor da Reforma da Previdência tiveram alguma verba, que poderiam tirar de alguns ministérios para mandar para alguma cidade”, diz a deputada bolsonarista em áudio para Marcos Palermo, Secretário de Saúde de São Carlos, no interior paulista.

E a deputada ainda é cobrada por um suposto calote. “Até agora a Carla (Zambelli) não mandou o dinheiro, tá?”, diz o secretário para um dos assessores da parlamentar.

De nova política, o governo de Jair Bolsonaro não tem nada.

Foto: Reprodução/Twitter

Deixe uma resposta