Democracia

Pedaladas de Bolsonaro ultrapassam Dilma e presidente já pode sofrer impeachment

Já que pau que bate em Chico bate em Francisco, está na hora de abrir o processo de impeachment contra Jair Bolsonaro. Afinal, em 2019, as pedaladas fiscais do presidente somaram 55 bilhões de reais, quase 20 a mais que os 36 bilhões que resultaram na cassação de Dilma Rousseff.

“Pedaladas fiscais” é apelido dado às manobras contábeis que não estão previstas no orçamento realizadas entre instituições do próprio governo. Foi a desculpa usada para tirar o cargo da petista.

Agora, Jair Bolsonaro não só repete as manobras, como aumenta drasticamente os valores. Bom, por uma questão de Justiça, que se abra o impeachment de Jair Bolsonaro…

Foto: reprodução

Deixe uma resposta